Transcrição interna versus MPScribe

Uma das mais-valias obtidas com a implementação do serviço MPScribe é a entrega atempada de relatórios, facto dificil de alcançar em entidades hospitalares de grande dimensão com custos indiretos importantes e muitas vezes impossiveis de contabilizar. No entanto, outros aspectos relevantes financeiramente e não contabilizados se podem destacar, tais como a existência de um sistema de informação de transcrições controlado e a existência de informação estatística para gestão.

Por outro lado, as nossas propostas não implicam qualquer tipo de investimento quer na aquisição de software quer na sua adaptação aos sistemas informáticos já existentes nas unidades Hospitalares. Dado que se trata de um serviço "pay-per-use", cada unidade hospitalar só terá que pagar o serviço de transcrição que está contratado.

A decisão quanto à utilização do serviço MPScribe pode, assim, ser facilmente efetuada comparando o custo do serviço MPscribe versus a “despesa directa” existente no Hospital com a produção interna de relatórios.

A nossa performance baseia-se na comparação destes dois valores. Inicialmente calculamos, com a ajuda de cada unidade hospitalar, o custo existente por relatório. Mensalmente comparamos esse valor, com o valor médio mensal pago pelo hospital. Temos orgulho de ter conseguido reduzir o custo por relatório em mais de 35%, em todos os Hospitais com que trabalhamos.

 
 
Contacte-nos
web stats